Buscar
  • cliniemma

Ansiedade



Atualmente temos ouvido falar muito da ansiedade e seus sintomas, e como esse estado psíquico tem afetado a vida de diversas pessoas, provocando momentos de extrema angústia. A Organização Mundial da Saúde – OMS, divulgou em 2017, um dado alarmante sobre a quantidade de pessoas que sofrem com ansiedade no Brasil, alertando que o nosso país possui a maior quantidade de pessoas acometidas por esse transtorno.

Fazendo uma análise etiológica da palavra ansiedade, descobriu-se sua origem no latim anxietas, que significa angústia, ansiedade, de anxius que significa perturbado, pouco à vontade, e de anguere que por sua vez significa apertar, sufocar. Essa definição exemplifica o que muitos pacientes relatam ao chegar no consultório. A ansiedade tem como objetivo principal nos preparar para situações de luta ou fuga, ela nos coloca em sinal de alerta para possíveis perigos. Porém pode se tornar patológica quando se torna algo frequente e quando associada a diversos sintomas físicos e psíquicos que atrapalham a vida cotidiana. Alguns sintomas frequentemente associados aos quadros de Transtornos de Ansiedade são:

Sintomas físicos:

· Dor ou aperto no peito;

· Taquicardia (aumento das batidas do coração);

· Respiração ofegante ou falta de ar;

· Sudorese (aumento do suor);

· Tremores nas mãos ou outras partes do corpo;

· Sensação de fraqueza ou cansaço;

· Boca seca;

· Mãos e pés frios ou suados;

· Náusea;

Sintomas psicológicos:

· Apreensão;

· Medo;

· Angústia;

· Inquietação;

· Insônia;

· Dificuldade de concentração;


Caso tenha se identificado com alguns desses sintomas, e percebe que isso tem afetado de forma negativa a sua qualidade de vida, procure um profissional especializado para ajudá-lo. Estamos à disposição!


Sarah Gomes, psicóloga, CRP 01/21512


9 visualizações
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Ícone

© 2019 por Cliniemma. Criado orgulhosamente com Loop Interativo