Buscar
  • cliniemma

O Transtorno do Espectro Autista e Análise do Comportamento Aplicada - ABA




O Transtorno do Espectro Autista - TEA é um transtorno do neurodesenvolvimento, onde o indivíduo acometido possui algumas limitações em sua evolução social e orgânica. O sujeito tem prejuízos na comunicação e na interação social e apresenta padrões restritos e repetitivos de comportamento, interesses ou atividades. Estas características estão presentes desde a infância, fazendo com que o indivíduo tenha insuficiências e agravos no funcionamento diário.

Outros nomes também podem ser usados para esta categoria, tais como, Transtorno Autístico, Transtorno de Asperger, Transtorno Desintegrativo da infância e Transtorno Global ou Invasivo do desenvolvimento. Estes nomes devem-se aos níveis do transtorno, os quais se dão em faixas: grave, média e baixa, quando se referem à dificuldade de aprendizagem, interação social, visão, audição, entre outros.

A Análise do Comportamento Aplicada - ABA se trata de um método e/ou programa advindo da ciência do behaviorismo que consiste em ser um campo que observa, analisa e explica as associações entre o ambiente, comportamento humano e aprendizagem. Para instruir crianças com TEA, a ABA é empregada como base para instruções intensivas e estruturadas em situação de um-para-um. Geralmente é feita individualmente, devendo seguir uma agenda de ensino no período integral, de 30 a 40 horas semanais. Este método rejeita punições e fortalece na premiação do comportamento desejado. Cada criança em particular terá uma programação diferenciada de acordo com suas necessidades. O programa, ressalva, que a participação da família é indispensável para atingir o sucesso do treinamento.


Sarah Gomes, psicóloga, CRP 01/21512

4 visualizações
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Ícone

© 2019 por Cliniemma. Criado orgulhosamente com Loop Interativo